Smart Home Systems e IoT 1ª Parte

PortugalVersão em Português

Hoje vamos ver como podemos tornar a nossa casa um pouco mais inteligente com a ajuda do brilhante Xiaomi Gateway.

xiaomi-mi-gateway-2-01_14105_1458812777

Por si só o gateway não tem muitas aplicações praticas, ele é no geral como o cérebro das operações a qual se irão ligar vários sensores/dispositivos de acção externos. Os pins para ligar à corrente são Chineses portanto deve comprar também um adaptador para a sua zona. Com este gateway podemos ouvir radio, obter uma luz de presença ou ter um alarme. Contem um conjunto de leds em torno e altifalante incorporado.

Não tem interacção com Apple Home/Google Home, logo não é possível enviar comando pela Siri, nem pelo Google Assistant. No entanto existe uma aplicação desenvolvida pela Xiaomi para interagir com Gateway e todos os seus dispositivos.

avail_play_store_small avail_app_store_small

A versão para Android actualmente encontra-se mais desenvolvida, começando nas traduções, temos a possibilidade de trocar para a língua Inglesa onde praticamente toda a aplicação está traduzida ao contrario da versão para iOS em que apenas temos partes traduzidas do Chines.

Para usar a aplicação deve ter uma conta Xiaomi, caso não tenha é possível criar uma na aplicação. No login da sua conta deve ter a atenção de escolher o seu local como Mainland China, as escolhas são limitadas e qualquer uma das outras não lhe dará acesso a todos os dispositivos. Feito o login deve ligar o Gateway à corrente e carregar no “+” e “new device”, como escolhemos o local Mainland China temos uma lista grande de equipamentos para escolher, é só procurar e escolher o Gateway.

É apresentado o seguinte ecrã e o Gateway fica a piscar uma luz amarela.Mi-Smart-Home-Kit-小米智能家庭套装-Setup-Pairing-2

No fim para indicar o sucesso, o Gateway vai piscar uma luz azul e emitir um sinal sonoro.

Ok, a partir daqui podemos começar a adicionar sensores e actuadores.

Podemos começar pelo sensor de portas/janelas.

Este pequeno sensor é constituído por duas partes, contem pilha que dura perto de 2 anos e pode ser substituída sempre que desejado. O funcionamento é simples, sempre que exista uma alteração da distancia entre estas duas peças é enviado um sinal (bluetooth) para o gateway. Ou seja, uma abertura de porta/janela distancia a peça uma da outra e vice versa. 201510311334328867

Para poder comunicar tem que ser adicionado o sensor ao Gateway. Neste caso é diferente, dentro da aplicação Smart Home acedemos ao nosso Gateway e ai sim vamos adicionar um novo “subdevice”. Para tal acedemos ao painel ” Device” e carregamos no “+”, escolhemos o ” Door and window sensor” de entre os vários apresentados.Screenshot_20170308-114234

Agora da mesma forma que tivemos que ligar o Gateway à aplicação, temos de ligar este sensor. Nada mais simples que depois de escolher o sensor de porta com a ajuda de um clip introduzir o mesmo no pequeno orifício do sensor durante alguns segundos até que a aplicação o alerte. Por fim só tem que escolher onde quer colocar o sensor. Tenha em conta os pontos de contacto das duas peças, estão indicados nas mesmas, estes pontos de contacto devem estar direccionados um para o outro.Original-Xiaomi-Mi-Smart-font-b-Door-b-font-Window-font-b-Sensor-b-font-Intelligent

Podem adquirir um conjunto de vários sensores e actuadores com o Gateway como este, apesar de ser mais caro na primeira vez compensa mais do que comprar um a um.

1489091897_arrow-up-70px

Advertisements

One thought on “Smart Home Systems e IoT 1ª Parte

  1. Pingback: Smart Home Systems e IoT 2ª Parte – Techfinest

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s