Smart Home Systems e IoT 2ª Parte

Portugal

Na continuação do artigo anterior Smart Home Systems e IoT 1ª Parte vamos adicionar outros sensores ao Gateway.
Para já vamos olhar para o sensor de movimento, um dos sensores mais importantes para detectar um assalto na sua casa.

Por pouco mais de 8€ pode ter um sensor destes.

Mesmo que tenha uma divisão ampla este sensor é capaz de detectar movimento numa amplitude de 170º e até 7m.
Vem já com uma pequena pilha, substituível, e adesivos de dupla face extras. Devido ao seu reduzido tamanho e adesivos é possível colar no tecto.Capturar

Para adicionar este sensor ao Gateway acedemos ao painel “Device” e carregamos no “+” (Add Subdevice), escolhemos o “Occupancy Sensor” de entre os vários apresentados.

Introduzindo um clip no orifício do sensor durante alguns segundos vai ligar o nosso novo sensor ao Gateway. Após alguns segundos o processo é concluído.Agora é só escolher onde quer colocar o seu novo sensor, tenha atenção porque caso tenha animais o sensor irá estar sempre a disparar cada vez que eles se passem pela zona.

Com a ajuda do sensor de movimento e da aplicação podemos agora configurar alguns cenários, como por exemplo o envio de um alerta para o telemóvel cada vez que alguém activa o sensor.
Este sensor pode interagir com todos os outros que estejam ligados ao Gateway. Como estas lâmpadas da Xiaomi.
A Yeelight (10€)
Capturar

e a Yeelight RGBW (15€)

Capturar

Ambas são LED, o fabricante indica uma duração até 11 anos (ainda não pude comprovar este valor) e tem o mesmo casquilho E27. A primeira consome de 8W, emite 600L e só é possível controlar a intensidade de luz, no caso da segunda o consumo é de 9W emissão de 600L e consegue reproduzir um vasto conjunto de cores.

O emparelhamento não podia ser mais simples, é só enroscar a lâmpada, ligar e usando a aplicação adicionar um novo device (Yeelight). Feito! Neste momento já pode ligar, desligar, controlar a intensidade, cor de luz usando a aplicação.

Melhor, podemos configurar cenários, passo a explicar, podem ser criadas regras quando é activado o sensor de movimento a lâmpada Yeelight é ligada, e outros como passado 2min caso não exista movimento a luz desliga.
Pode ser configurado um caso a porta de casa abra dentro de um período de tempo, durante a noite por exemplo, tanto o alarme do Gateway como a luz liguem e o Gateway entre em modo de alarme.
Existe também a possibilidade de ver todos os eventos que foram detectados pelo sensor na zona de Log.

1489091897_arrow-up-70px

Advertisements

2 thoughts on “Smart Home Systems e IoT 2ª Parte

  1. Pingback: Smart Home Systems e IoT 3ª Parte – Techfinest

  2. Pingback: Smart Home Systems e IoT Part 3 – Techfinest

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s